Pages

sábado, 5 de setembro de 2009

Momento Aleatório

SÓ FUI ASSISTIR AGORA
O filme O oitavo dia, com a direção de Jaco Von Dormael, lançado em 1996, é realmente estupendo. George tem síndrome de down e resolve fugir do lar, que o abrigava, para encontrar sua mãe. No caminho ele conhece Harry, lunático pelo emprego, separado, desgraçado, longe dos filhos, urucubaca mesmo. Bom, enfim, entre muitas coisas, o que se aprende é o valor da amizade e as diferenças que nos tornam iguais. O que eu gostei foi a singeleza do filme, da abordagem sobre a vida de pessoas com deficiência, como sentem e se relacionam. Adorei a parte que Harry fala para o policial: Ele é meio deficiente.

Fiquei pensando nos eufemismos patéticos da vida contemporânea, tão usados para encobrir nossos constrangimentos com a realidade.

LENDO SOBRE VIOLÊNCIA
O livro Abuso Sexual, pornografia – A infância é a última fronteira da violência da autora Carla Leirner. Excelente para quem adoraaaaaaaaa internet, orkut, msn, sala de bate papo. Ainda temos que repensar eticamente como usamos este meio de comunicação, como estão sendo usados e quem são as vítimas dos crimes na internet. Claro, que o livro trata, principalmente, do perfil brasileiro dos pedófilos e qual o meio mais rápido de encontrarem sua vítima. O site predileto, advinha...o orkut. Pois é, assunto para outro dia.

CONFESSO
Estava lendo um livro romântico... afff....sem comentários e não vou divulgar o nome do livro. Que vergonha jesus, que vergonha...não porque ser romântico, mas o livro é ruim mesmo, isto não nego. Mas confesso que adoro cavalheirismo, homens protetores, que abrem a porta, atenciosos, mandam flores, dizem eu te amo e ainda discutem relacionamento....aí, jesus, será que estou querendo demais?

ÓCIO CRIATIVO
Ultimamente tenho pensado em fazer meu Epitáfio contendo o nome e o motivo de todos que gostaria que Tomassem no Cú! Não é um momento de ódio não, é um momento de libertação, acredito piamente que quando você encontra o balde certo, no momento certo, você deve chutá-lo!

PRECISO DE UM FÍGADO
A ansiedade corroeu o meu. Quero logo a primavera e parem de derreter o mundo e esfriar minha vida! As flores já estão aí, os Ipês derramados no chão, as raízes das minhas orquídeas transbordando nos vasos. CHEGAAAA...quero mesmo é sol e calor!



Ana Laura, lutando contra a rotina, o mofo e o frio

2 Palavras conexadas:

cristina disse...

Oi ana! tava lendo sua postagem, poxa! é isso mesmo...( ócio criativo)...tem dias q preciso falar com alguém...to a procura de uma amiga (o), meu nome é cristina...um abraço...
cris(petrolina - pe)

ana laura disse...

Ola Cristina, seja bem vinda
Se sinta em casa e se precisar pode nos mandar um emeio, creio que tem o endereço no lado esquerdo do blog.
Sua amizade será mais que desejada!