Pages

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Nostalgia...

O Mundo inteiro dorme lá fora e aqui dentro o sonho se acaba a cada dia.
Ilusões aparecem.
Encanto de flor...
Ao fim da estrada palavras que tocam o infinito.
Tenho em mim toda nostalgia que posso sentir, tocar e descobrir que mesmo que passe uma ausência sempre será sentida.
Anos calados, meses sofridos, são as dores que me escapam, é o choro contido, a lágrima derramada, quero sentir, sonhar, abaraçar e sempre ter comigo a esperança de que vocês ainda vivem comigo.

By Taty R.

1 Palavras conexadas:

Laura disse...

Se pudesse construir uma participação de todos no teatro da minha vida seriam de papéis permanentes, mas só me cabe a saudade como amiga querida...não adianta reter a todos no meu destino, porque os que se amam se libertam e os caminhos se fazem multiplos,,,que bom, que um dia nos conhecemos, que bom que um dia teremos saudades de nós!